Buscar
  • Gabriela Salim

Fisioterapia em animais.

Atualizado: 29 de Jun de 2020

Como é realizada e como pode ajudar?


O princípio da fisioterapia em pets é o mesmo da fisioterapia humana. Ela começou a ser utilizada na década de 70 com animais de grande porte, como os cavalos. A cada ano as técnicas fisioterápicas vão evoluindo e a cada dia temos melhores resultados.

Diferente da fisioterapia humana, não existe a profissão de fisioterapeuta animal. Para realizar esta técnica em pets, o profissional deve ser formado em medicina veterinária, desta forma são considerados fisiatras, médicos que trabalham na área de reabilitação animal.

A fisioterapia em animais é indicada para animais que sofrem de doenças ortopédicas, neurológicas, musculares, animais com sobrepeso, assim como em processos transitórios como pós operatórios ou definitivos como em animais paraplégicos.

A fisioterapia e as terapias complementares terão um papel fundamental no controle da osteoartrose, na melhora da condição física e diminuição das dores crônicas.

Dentro da fisioterapia, existem muitas técnicas e são utilizados diversos aparelhos diferentes conforme a necessidade de cada paciente e a metodologia do profissional, porém o objetivo será o mesmo, a diminuição dos processos inflamatórios, retardo das doenças progressivas, diminuição da dor e a melhora da condição corporal que irá implicar na diminuição da gordura corporal e fortalecimento dos principais músculos através de exercícios acompanhados.


Os exercícios serão personalizados de acordo com a necessidade de cada paciente. Para isto, são utilizados exercícios com auxilio de bolas de pilates, obstáculos, exercícios aquáticos, alongamentos, entre outros.

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo