FISIOTERAPIA

MODALIDADES TERAPÊUTICAS

A osteoartrose é considerada uma doença multifatorial, assim, para obter sucesso no seu tratamento/controle é necessário compreender e aplicar um tratamento multimodal, gerenciando cada fase da doença e adequando as etapas do tratamento. Aqui você encontrará todas as modalidades para um tratamento de excelência, desde o tratamento mais invasivo, com a revisão de técnicas cirúrgicas, como tratamento conservador, entendendo o mecanismo de cada uma das modalidades.Existem diversas modalidades terapêuticas que podem ser empregadas para o alívio da dor, diminuição dos processos inflamatórios e retardo de doenças progressivas degenerativas.

 

KINESIO TAPING

(Bandagens elásticas funcionais)

A técnica Kinesio- Taping foi desenvolvida na década de 80 no Japão por Kenso Kase. As bandagens utilizadas nesta técnica são faixas de algodão, autocolantes com propriedades elásticas capazes de alongar apenas no sentido longitudinal, são fixadas através de cola antialérgica que permanece por cerca de 4-5 dias no paciente, não possuem nenhum tipo de medicamento para dor ou anti-inflamatórios.

É utilizada para alívio de dor, relaxamento muscular, melhora postural, descompressão de tecidos e drenagem de edemas.

As bandagens são aplicadas sobre o músculo para dar assistência e suporte prevenindo contrações excessivas, melhorando a amplitude dos movimentos, facilitando o retorno venoso e linfático.

A bandagem funcional elástica promove estímulos sensoriais e mecânicos constantes na pele, que mantém a comunicação com os tecidos mais profundos através de mecanoreceptores encontrados na derme e epiderme. 

kinesio1.jpg
kinesio2.jpg

Estas informações produzem vários efeitos como a diminuição da dor e da sensação de desconforto, promove suporte durante a contração muscular, diminui a congestão do fluxo linfático, assim como extravasamento sanguíneo subcutâneo, ajuda nas correções dos desvios articulares, promove auxílio na contração muscular, promove estímulos e aumento da propriocepção.

A redução dos edemas e de processos álgicos ocorre porque a dor causada pela pressão exercida nos receptores, sensoriais e neurológicos, é aliviada através das ondulações que a bandagem promove, elevando a pele, melhorando desta forma a circulação sanguínea e permitindo que o sistema linfático funcione melhor.

Existem alguns princípios que devem ser respeitados para uma boa aplicação. Deve-se estipular pontos de ancoragem, distal e proximal, com tamanho proporcional à área aplicada. A tensão que colocamos na fita, será de extrema importância para obtermos o efeito desejado, normalmente para dor usamos uma taxa de 10%, para restrição de movimento utilizamos uma taxa de restrição de até 70%. A orientação da aplicação da fita sobre os músculos será crucial para termos o resultado esperado, a aplicação no sentido oposto ou com uma tensão exagerada poderá agravar os sintomas do paciente. A orientação da fita requer um conhecimento prévio da anatomia, o sentindo de origem para inserção do musculo é muito usado para reabilitação, onde desejas facilitar a ação muscular, em casos crônicos de fraqueza muscular ou quando queremos o aumento da contração muscular, enquanto o sentido inserção- origem será utilizado para a inibição da muscular, como em casos de contraturas musculares As bandagens elásticas podem ser cortadas em diversos formatos de acordo com a função pretendida.