FISIOTERAPIA

MODALIDADES TERAPÊUTICAS

A osteoartrose é considerada uma doença multifatorial, assim, para obter sucesso no seu tratamento/controle é necessário compreender e aplicar um tratamento multimodal, gerenciando cada fase da doença e adequando as etapas do tratamento. Aqui você encontrará todas as modalidades para um tratamento de excelência, desde o tratamento mais invasivo, com a revisão de técnicas cirúrgicas, como tratamento conservador, entendendo o mecanismo de cada uma das modalidades.Existem diversas modalidades terapêuticas que podem ser empregadas para o alívio da dor, diminuição dos processos inflamatórios e retardo de doenças progressivas degenerativas.

 

LASERTERAPIA

O QUE É?  

A escolha do laser é baseada em seu comprimento de onda e de sua potência. Comprimentos de onda curtos dispersam muito mais do que os longos e penetram menos profundamente, alcançando penetração profunda só em tecido mole. Portanto, comprimentos de onda curtos, no intervalo do visível, podem ser mais apropriados para o tratamento de lesões superficiais e comprimentos de onda longos, no intervalo do infravermelho próximo, podem ser mais úteis para o tratamento de lesões profundas.(ORTIZ, 2001)

 Sua dosagem é feita em Joules, e seu efeito é definido por esta dosagem, quando se deseja um efeito cicatricial por exemplo, se usa uma dose maior para quando o objetivo é o efeito anti-inflamatório.

A principal diferença entre a luz de um laser e uma luz gerada por fontes normais é que a luz do laser é monocromática, coerente e colimada. Monocromática significa que a luz produzido pelo laser é de um único comprimento de onda, e portanto, de uma única cor. A propriedade coerente da luz, significa que os fotóns viajam na mesma fase direção. A colimação que dizer que a luz caminha em linha reta, alinhada, diferente da luz normal que se desvia do caminho, se perdendo no tempo no espaço. (MILLIS, 2014)

COMO FUNCIONA?  

A laserterapia atua, em nível celular, com estímulo na produção de ATP intracelular, aumento da respiração mitocondrial e produção molecular de oxigênio. Desta forma atua como moduladores em diversos outros eventos que que envolvem ocitocinas, estimulo da síntese de DNA, liberação de fatores de crescimento, replicação celular, multiplicação de fibroblastos aumentando a produção de colágeno em pelo menos quatro vezes e acelerando processos de cicatrização.

LASER.jpg
laser.png

QUANDO É INDICADA?

A laserterapia tem indicação em diversas enfermidades como na cicatrização de feridas e úlceras, traumatismo de ligamentos, tendões e cartilagens, subluxações e fraturas, pois estimula a produção de fibroblastos, estimula angiogênese, aumenta produção de colágeno, estimula produção de fatores de crescimento e melhora drenagem linfática. Também está indicado nos casos de artrites e tendinites, pois faz a inibição da enzima cyclooxygenase II e das prostaglandinas aliviando a dor e diminuindo a inflamação, têm efeito de inibição dos nociceptores, reduzindo a transmissão de sinais de dor ao cérebro, aumentando a liberação de endorfinas e diminuindo a velocidade de condução nervosa. Também é indicada em doenças inflamatórias (bursites, tendinites, miosites), osteoartrites, ulceras de decúbito, feridas, doenças musculoesqueléticas, póscirurgicos, etc

CONTRA INDICAÇÕES

Seu uso é contraindicado em pacientes com carcinomas, áreas hemorrágicas, próximo aos olhos e útero prenhe.